segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Vc faria?

Uma Tink-it?
Divulgação/Jacqueline Hickey
Muita gente sonha ter uma tatuagem mas não tem coragem de fazer, ou tem medo de se arrepender depois. Pensando nos que entendem esta arte como mais um adereço do visual e que gostam de variar as estampas na própria pele, os designers Laura Bresteau e Dorothée Dalaine criaram o Tink-it, projeto que traz belas tatuagens temporárias criadas por artistas contemporâneos franceses que brincam com o lado efêmero da arte.


As Tinks (sigla para Temporary Inks, ou tatuagens temporárias) são criadas em edições limitadas de 500 caixas por artista. A primeira conta com desenhos de cinco franceses que tiveram liberdade total para criar suas obras em um espaço de cerca de 15 centímetros, com quantas tatuagens quisessem. Para o Tink-it, a ideia é que cada um de nós tem o potencial de ser uma mídia, um museu ou uma galeria de arte, exibindo trabalho de artistas na própria pele.

Cada um deles trouxe uma interpretação particular. Julien Langendorff tentou imaginar uma imagem que gostaria de carregar em seu corpo e criou a poética série Daughter of Darkness, que mostra a silhueta em preto e branco de uma mulher sentada no chão em meio ao que parecem ser pensamentos obscuros. Mais realista, em Downtown, YZ trouxe imagens de fachadas de prédios de Paris.

Divulgação/Jacqueline Hickey
Em Rorschach, Gilles Balmet seguiu a inspiração de sua série de mesmo nome criada entre 2004 e 2009, baseada na imagem de diagnósticos médicos cheios de linhas simétricas que formam figuras abstratas. Em BrandMe, Benjamin Sabatier propôs uma série de suas próprias impressões digitais, ao passo que Olivier Kosta-Théfaine, mais próximo da estética kitsch da tatuagem, criou uma série sem nome com desenhos de animais e caveiras em elementos propositalmente simples, com cara de “desenhos de tatuadores amadores”, como ele mesmo definiu.


Cada caixa contém duas folhas de 10 por 15 centímetros com desenhos de tatuagens removíveis e informações sobre os artistas. Os desenhos são tão lindos que da até dó de usar. Mas pensando nisso a Tink-it envia no pacote uma folha com os originais numerados para você guardar de recordação e, quem sabe, depois fazer uma versão definitiva.

A marca tem várias lojas em Paris e por sorte uma delas faz entregas internacionais. Cada kit custa 39 euros.


Divulgação/Jacqueline Hickey


Fonte: Revista Criativa

9 comentários:

  1. Dani, adorei essa novidade! Eu faria sim um Tink-it pois faz tempo que tenho vontade de fazer tatuagem, mas o medo de me arrepender sempre foi maior...rsss
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. haha eu estava falando sobre tatuagens ontem! Eu faria sim! Pena que não seja tão barato, né?

    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto tanto das minhas definitivas...
    Acho que a graça é exatamente isso, serem definitivas.

    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho 2 tatuagens de verdade portanto faria sem problema. Já fiz de Henna, pq não essa? Pena que é caro, né? Qto tempo dura uma?

    Espero que 2011 seja um ano que te surpreenda positivamente, viu?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Dani!
    saudades daqui.
    Olha, muito bom aprender mais contigo.
    Mas não sei se faria o tal tink-it.(rs)
    Acho muito bacana as tatuagens. Já vi cada uma lindíssima.
    Xeros

    ResponderExcluir
  6. Oi Dani, concerteza uma tink-it eu faria !!!
    Sempre quiz mas o medo do arrependimento foi maior;... amei essa novidade!



    bjos

    ResponderExcluir
  7. Dani adorei... eu sempre tive vontade de fazer tatoo mas nunca fiz por ser mto definitivo, enjoei dos meus piercings e só tenho um até hj, os outros tirei... essa tatoo seria ideal pra mim!
    Bjaum!

    ResponderExcluir
  8. Quanto tempo será que fica????

    ResponderExcluir
  9. Oii eu faço parte do time que acha lindo, ams não tem coragem de fazer...ai ai!!rss mas essas que são provisórias eu gostei e até faria sim!!!
    Beijão
    www.sermuhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir